scih 2
5 de abril de 2017
SCIH – Serviço de Controle de Infecção Hospitalar

No Brasil, o Ministério da Saúde (MS) considera que as Infecções Hospitalares (IH)podem causar significativos danos à clientela dos serviços de saúde. Em 1986 o MS expediu diretrizes e normas para a prevenção e o controle das infecções hospitalares. Atualmente através da Portaria 2.616 (MS) que está em vigor desde 12 de maio de 1998, que em seu artigo 1º fala da obrigatoriedade dos hospitais manterem um Programa de Infecções Hospitalares e preconiza a criação da Comissão de Controle de Infecções Hospitalares (CCIH) órgão de assessoria à autoridade máxima da instituição e de execução das ações sendo realizada pelo Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) .

O Hospital Santa Elisa conta com o SCIH formado por profissionais graduados e especializados em prevenção e controle das IHs,  atualmente integrado pelo Dr. Fernando Max Conceição – Infectologista e Enfermeira Silvana C.Matiello especialista em controle.

O SCIH realiza vigilância epidemiológica que é a observação sistemática, ativa e constante nos pacientes que permanecem nos setores críticos, não críticos e no pós alta (para os pacientes que passam por procedimentos cirúrgicos). Também assessoria a diversos setores tais como engenharia e manutenção, administração, nutrição, central de material, farmácia, laboratório de microbiologia, higiene e lavanderia, visando contribuir para as ações que estão diretamente ou indiretamente ligadas à prevenção e controle de infecção hospitalar.

Desta maneira, por meio da vigilância ativa, ações de prevenção e treinamento periódico de todos os seus colaboradores, o Hospital Santa Elisa garante uma redução do risco de aquisição de uma IH e assim, melhorar a segurança do paciente.

No Brasil, a prevalência exata da IHs, de um modo geral, ainda é desconhecida. Entretanto, em um inquérito nacional realizado pelo MS revelou que as taxas de IH, nos hospitais avaliados, variaram de 13 a 15%. Estes índices são bastante elevados quando comparados a um estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS) que encontrou uma taxa média, entre os hospitais americanos e europeus, de 8,7%.

No HSE, segundo os dados do SCIH, nos últimos dez anos os índices gerais de IH vem se mantendo abaixo de 2%, refletindo o empenho da Direção e de todos os colaboradores em oferecer um ambiente hospitalar o mais seguro possível aos seus clientes.

Taxa anual

Dr. Fernando Max Conceição e Enfermeira Silvana Matiello

Dr. Fernando Max Conceição e Enfermeira Silvana Matiello